Coluna Entorno do Jornal Alô Brasília por Sandro Gianelli

Os bastidores da política na região metropolitana do DF.

O PSDB, de Leda Borges, atualmente deputada estadual e Secretaria da Mulher, do Desenvolvimento Social, da Igualdade Social, dos Direitos Humanos e do Trabalho recebeu uma dura baixa. Leda foi condenada em primeira instância por improbidade administrativa quando era prefeita de Valparaíso de Goiás.

O PT, da atual prefeita de Valparaiso de Goiás, Lucimar Nascimento, também teve uma baixa. No último domingo (14) a prefeita divulgou que não será candidata à reeleição. “Em respeito ao meu partido, do qual tenho orgulho de ser militante, acabo de entregar, em reunião com a nossa militância, uma carta franca e transparente, onde esclareço que no pleito de 2016 não serei candidata à reeleição”.

Serviço ruim

Um caminhão da coleta de lixo em Luziânia foi engolido por uma cratera. Segundo populares o fato se deu em consequência de obras recentes no local que dão conta do péssimo serviço realizado pela prefeitura de Luziânia.

Doutores

Em Planaltina dois Doutores disputarão a prefeitura. Um é o Dr. Davi (PROS), médico e político conhecido na cidade, a novidade é a entrada na disputa do delegado Dr. Cristiomário (PTB). O delegado ficou famoso ao transferir 20 presos a pé até o presídio da cidade.

Como vereador o senhor foi um critico da gestão conduzida pelo PSDB. Como prefeito, qual está sendo a maior dificuldade para governar?

Administrar sem recursos é o maior problema. Recebemos um governo endividado, levamos dois anos para colocar as contas em dia. 70% da população não paga o IPTU e a maioria das empresas não paga seus impostos.

Bastidores

De novo – Em 2016, Getúlio promete ser candidato mais uma vez. Seus opositores dizem que ele continua inelegível.

Não levou – Padre Getúlio (PSB) venceu a eleição para a prefeitura de Santo Antônio do Descoberto em 2008 e 2012. Em ambos os casos a Justiça Eleitoral não deu posse para a sua chapa.

Assume? – Será que o Padre continuará recebendo o voto do eleitor? Será que dessa vez a justiça permitirá sua candidatura? Com a candidatura na rua e uma possível vitória, finalmente será empossado?

Hospital

“Uma importante obra está a todo vapor em nossa cidade, o Hospital Regional de Águas Lindas, o Hugo9… Um hospital de referência que terá 130 leitos, sendo 30 de UTI, oito salas no centro cirúrgico, incluindo atendimento de obstetrícia.”, Facebook/osmarildo.alvesdesousa, prefeito de Águas Lindas.

Dica de Marketing Político

Pesquisa – Quem tem nas pesquisas a maior taxa de desconhecimento e também o menor índice de rejeição tende a crescer com a propaganda gratuita do rádio e da TV.

VALPARAÍSO DE GOIÁS

MP quer afastamento de secretário

O Ministério Público moveu ação civil de responsabilização por ato de improbidade administrativa contra o secretário de Saúde de Valparaíso de Goiás, Walter de Matos Dutra, em razão do seu deliberado descumprimento de obrigação legal, ao negar-se, reiteradamente, a atender requisições do MP em inquéritos abertos para apurar situações que envolviam obrigações do órgão.

O MP requereu liminarmente o afastamento do cargo e a condenação do secretário pela prática dos atos de improbidade, de acordo com as sanções previstas em lei, tais como a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil, proibição de contratar com o poder público.

Os promotores de Justiça Oriane Graciani de Souza, Bruno Silva Domingos, Claudine Maria Abranches e Daniel Naiff, autores da ação, relatam casos pontuais, tais como a omissão do gestor para que uma equipe de multiprofissionais realizasse uma avaliação física e mental de uma idosa com quadro de demência. Terminado o prazo para resposta, novos ofícios foram expedidos, acrescidos de que o não atendimento às requisições do MP ensejaria a adoção de medidas judiciais quanto à imputação de ato de improbidade. Embora tenha sido alertado, o gestor manteve-se inerte.

Em uma outras ocasiões, o secretário deixou de informar sobre o funcionamento do Programa Estratégia de Saúde da Família, e também sobre a compra de veículo para transporte de pacientes que realizavam hemodiálise.

Um inquérito civil chegou a ser aberto para verificar a omissão na respostas das requisições do MP e, em uma das vezes, devido à urgência das respostas, foi preciso a interposição de ação de busca e apreensão, com pedido liminar, em que foi narrado o descaso do gestor, e requerida a apreensão de uma Kombi para verificar as condições do veículo que fazia o transporte de pacientes.

Os promotores registram ainda que aconteceram diversas tentativas da instituição em entregar em mãos ao secretário as requisições, não sendo localizado o requerido que, dolosamente, se omitia em atendê-las.

Para os promotores, a atuação do secretário vai contra a eficiência e a eficácia do serviço público e atenta contra a moralidade da administração pública, por ele fugir à responsabilidade.

Águas Lindas

Começa operação tapa-buracos

Em virtude do considerável volume de chuvas que tem caído nos últimos dias em toda região, a Prefeitura de Águas Lindas de Goiás iniciou as obras de recuperação asfáltica nas ruas e avenidas. A medida visa minimizar o transtorno dos transeuntes e melhorar a condição de tráfego na cidade.

Na semana passada a equipe da Secretaria de Obras trabalhou tapando buracos na Avenida JK e adjacência. “Estamos trabalhando mesmo em meia a chuva, pois as enxurradas arrastam tudo pela frente danificando inclusive os logradouros”, justificou o prefeito Hildo do Candango.

O período chuvoso deve continuar pelos próximos dias, porém a determinação da prefeitura é os trabalhos possam continuar e assim evitar estragos maiores por conta da chuva.

LUZIÂNIA

Programa distribui verduras

A Prefeitura de Luziânia, por meio das unidades dos Centros de Referencia em Assistência Social do município, iniciou a entrega de verduras pelo Programa de Aquisição de Alimentos. Com isso, o alimento comprado dos agricultores familiares é doado para famílias carentes previamente cadastradas pelos CRAS.

A meta da Prefeitura, juntamente com a cooperativa de produtores rurais Indaiá II, é atender pelo menos três mil famílias. “O PAA tem dois objetivos bem específicos e determinados: atender os que recebem os alimentos, e ajudar os pequenos produtores”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Social e do Trabalho, Cassiana Vaz Tormin.

Fonte: alo.com.br
COMPARTILHAR
Artigo anteriorInvestimentos no Jardim ABC
Próximo artigoColuna Entorno do Jornal Alô Brasília por Sandro Gianelli
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; autor do Blog do Sandro Gianelli; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 12h às 14h, na Rádio OK FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here