Coluna Entorno do Jornal Alô Brasília por Sandro Gianelli

Os bastidores da política na região metropolitana do DF

Estado de  emergência

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) solicitou ao Governo Federal a presença do Exército Brasileiro e da Guarda Nacional para ajudar a polícia goiana no combate à criminalidade nas cidades do entorno.

Reprodução
Caso de polícia
Na Cidade Ocidental uma manifestação realizada pelos professores deve acabar virando caso de policia. Um vereador acabou se descontrolando. O chefe de gabinete da prefeitura e uma funcionária prometem entrar com uma ação judicial por agressão. A confusão foi assistida, de perto, pelos policiais.
Impasse
Greve dos professores na Cidade Ocidental. O sindicato quer 11% de reajuste. Para não infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal a prefeitura se comprometeu a dar 2%.
Luziânia
Se as eleições fossem hoje, Luziânia teria um novo prefeito. Marcelo Melo (PSDB) venceria, com facilidade, o atual prefeito Cristóvão Tormin (PSD) e o empresário Geraldo Caixeta (SDD). É o que revelam pesquisas recentes.
Reprodução
Melhor de 3
Geraldo Messias (PP), ex-prefeito de Águas Lindas colocou o nome nas ruas e é pré-candidato. Será a terceira vez que ele e o prefeito Hildo do Candango (PTB) disputam a prefeitura. Em 2008, Messias levou a melhor. Em 2012, foi a vez de Hildo.
Impunidade
Planaltina de Goiás apresenta superlotação na cadeia pública e na delegacia. O problema acaba forçando a Justiça a relaxar as penas dos presos. Outros beneficiados são aqueles que ainda não foram presos, mas são condenados.
Bastidores
Novo Gama – Alan do Sacolão (Rede), Everaldo Vidal (PP), Sônia Chaves (PSDB) e Carlinhos do Mangão (PSB) são os principais pré-candidatos na disputa pela prefeitura.
Pré-candidato – O vereador de Cidade Ocidental, Paulo Rogério (PROS), é pré-candidato a prefeito e conta com um grupo político de cinco partidos.
Troca troca – O senador Wilder Morais (PP), convidou o vereador Douglas Martinho (PTB) para se filiar ao partido. Douglas é do partido da prefeita.
Dica de Marketing Político
Durante a campanha eleitoral, o candidato deve se concentrar exclusivamente na exposição pública: eventos, aparições na mídia, porta a porta com os eleitores, entre outros. A coordenação da campanha deve se focar nos aspectos técnicos da campanha eleitoral: jurídico, contabilidade, comunicação, finanças, etc.
Decisão judicial
“Não houve nenhum enriquecimento ilícito ou desvio de verba pública. Estou muito confiante na reforma integral da sentença em 2° grau. Não ficarei inelegível, porque para ter inelegibilidade há a necessidade do trânsito  em julgado em todas as esferas da Justiça.” Lêda Borges, Deputada Estadual e Secretária Estadual da Mulher, do Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho.
Por Sandro Gianelli
Coluna Entorno, Jornal Alô Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here