Novo Gama: agricultores receberão capacitação para produção de carne de rã

Na última quarta-feira (30), o prefeito Everaldo Vidal, a Secretária Municipal de Agricultura e Produção, Josélia Melo, e os membros da Associação de Ranicultura de Goiás, se reuniram com os produtores rurais de Novo Gama.

O encontro aconteceu no gabinete do prefeito e contou com a presença dos Secretários Municipais de Governo, Gestão e Projetos; Infraestrutura Urbana; Habitação; Indústria e Comércio; e Trabalho e Renda.

O principal objetivo foi apresentar aos agricultores, um projeto para a criação e comercialização da carne de rã.

O prefeito destacou:

“Nosso objetivo é melhorar a vida do cidadão novogamense. Podem contar com o Governo do Município no que precisarem, para que este projeto de certo.”

Durante a reunião, ficou acordado que na próxima quarta-feira, dia 6 de abril, os produtores rurais, devidamente cadastrados na Secretaria de Agricultura, passarão por uma capacitação. Nela os membros da Associação de Ranicultura estarão orientando os agricultores sobre quais os cuidados a serem tomados e também a rentabilidade que esta atividade pode trazer.

O curso será realizado no seguinte endereço: Quadra 12, Lotes de 02 à 14, no Setor de Chácaras Araguaia, a partir das 8h.

O que é Ranicultura?

De acordo com o site do Centro de Produções Técnicas, a ranicultura é um ramo da aquicultura que está em crescimento no Brasil. Pesquisas têm apontado as características da  que podem torná-la ainda mais rentável ao produtor. Sua carne é muito saborosa e possui substâncias que auxiliam alguns tratamentos alérgicos e de doenças gastrointestinais. Restaurantes sofisticados são os principais consumidores dessa iguaria.

Ainda segundo o site, a pele da rã pode ser amplamente comercializada, já que ela possui efeito cicatrizante, especialmente em tratamentos de queimadura, e também pode ser transformada em couro. Além disso, o seu óleo fornece bom índice lucrativo ao criador, pois constitui a fórmula de alguns medicamentos e cosméticos.

Dados da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás relatam que somente em 2014, a produção de carne de rã no estado cresceu cerca de 85%, ou seja, mesmo ainda sendo desconhecido do público goiano, a região é vista como um grande celeiro na produção de carne no país.

Fonte: Novo Gama

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here