Área Rural é prioridade em Ceilândia

A área rural tem sido uma das prioridades da Administração de Ceilândia e nesta semana uma frente de trabalho criou melhores condições de transporte para os produtores do Incra 09.

Para a deputada distrital Luzia de Paula a manutenção das estradas garante qualidade de vida para os produtores rurais. “Nosso mandato sempre valorizou a área rural. Com a ajuda do governador Rodrigo Rollemberg conseguimos ajudar uma região que geralmente era esquecida, isso através da administração de Ceilândia e também da destinação e execução das minhas emendas” disse a parlamentar.

Luzia de Paula destinou recursos para a instalação de iluminação pública na Escola Rural Incra 09 e no Núcleo Rural Córrego das Corujas. Outra obra executada com a destinação de suas emendas foi a construção de alambrado do centro de ensino educacional nº 09, no Incra 09, zona rural de Ceilândia.

Mais de 11 km de estradas vicinais foram recuperadas, em parceria com a Secretaria de Agricultura do DF, garantindo melhores condições de acesso às escolas rurais e ao escoamento da produção. Foram recuperados o Km 16 (BR 070), Gleba 03 (Núcleo Rural Alexandre Gusmão) e estradas adjacentes ao Centro Educacional Incra 09, além de outros trechos na Colônia Agrícola Guariroba e Incra 08/09 (Núcleo Rural Alexandre Gusmão).

A partir da próxima semana está prevista a recuperação de trechos em outros núcleos rurais, como: Córrego das Corujas, Santarém, Boa Esperança, Água Quente, Jibóia, Laje da Jibóia, dentre outras.

O Administrador de Ceilândia, Vilson de Oliveira, lembra que é importante facilitar o deslocamento das pessoas que vivem na área rural e o cuidado com essas estradas permite melhores condições de vida aquelas populações. “Nossa zona rural é bem extensa e nós vamos cuidar dela tão bem quanto cuidamos do centro da cidade”, frisa.

Segundo o diretor do Centro Educacional Incra 09, Márcio Regis Moura, o transporte dos alunos até a escola será realizado com mais segurança.

“Estradas melhores oferecem menos risco para os alunos e vamos evitar também que os ônibus quebrem”

Para o produtor rural Valdemar Santos, 54 anos, as melhorias vão garantir melhores condições de deslocamento tanto para as pessoas como para o transporte de produtos. “Com as estradas em boas condições, gastamos também menos tempo para levar nossos produtos e voltar para casa, sem contar que gastaremos menos com a manutenção dos veículos”.

Fonte: luziadepaula.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here