Segurança define esquema para manifestações pró e contra o impeachment de Dilma Rousseff

Pessoas contrárias à saída da presidente afastada ocuparão três faixas da Via S1 do Eixo Monumental. Já as favoráveis deverão se concentrar na Via N1.

Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social definiu como ficarão posicionados os manifestantes pró e contra o impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, na terça-feira (9). Nessa data, está prevista a votação no Senado Federal do relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) pela admissibilidade da continuidade do processo, a chamada fase pronúncia.

As pessoas que desejam o afastamento definitivo de Dilma Rousseff deverão ocupar três faixas próximas ao canteiro central da Via N1 do Eixo Monumental, na altura do Congresso Nacional. Já os contrários ao impeachment vão se concentrar em três faixas da Via S1.

O acordo foi fechado na tarde desta sexta-feira (5) em reunião coordenada pelo secretário adjunto da Segurança Pública e da Paz Social, coronel da Polícia Militar Márcio Pereira da Silva, e representantes pró-impeachment. Integrantes do movimento que defende a permanência de Dilma no comando do País foram convidados para o encontro, mas ninguém apareceu. O secretário adjunto entrou em contato com eles, que garantiram concordar com o que foi acertado na reunião.

De acordo com Márcio Pereira, haverá reforço no policiamento em torno do Congresso Nacional. “Vamos empregar nosso policiamento para evitar confrontos e permitir que as manifestações ocorram de forma ordeira.”

Agência Brasília

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here