Reprovação de prefeitos dificulta a vida de candidatos

Reprovação de prefeitos dificulta a vida de candidatos
Os prefeitos têm maior visibilidade e contam com a máquina administrativa a seu favor. O que já foi vantagem não têm ajudado muito. Os gestores com baixa aprovação sofrem para se reeleger ou fazer o sucessor. A dificuldade para conquistar a aprovação do eleitor esta grande. Até mesmo os que não são candidatos têm tido muito trabalho para eleger seus sucessores. Em Valparaíso, Lucimar Nascimento (PT), apoia Roberto Martins (PT), que ainda não emplacou no gosto popular. Em Alexânia, Ronaldo Queiroz (PMDB), apoia Adair Rabelo (PMDB), que tem tido uma boa aceitação nas ruas. Em Águas Lindas, Hildo do Candango (PSDB) é candidato à reeleição, e tem tido aprovação satisfatória.

Cadê?

Presidente do PMDB goiano e pré-candidato a governador em 2018, o deputado federal Daniel Vilela ainda não deu o ar da graça na região do Entorno. O PMDB tem candidatura própria em Alexânia com Adair Rabelo; Águas Lindas com Enio Tatico; Planaltina com Geraldo Guimarães; Santo Antônio do Descoberto com Dr. Adolpho e Cocalzinho com Dr. Guilherme Sucupira.

SacudiuSacudiu

Lêda Borges (PSDB), atualmente secretária de estado e deputada estadual com base em Valparaíso, tirou 30 dias de férias da Secretaria de Cidadania do Estado de Goiás e promete 30 dias intensos, na rua, pedindo voto em favor de Pábio Mossoró (PSDB).

Veteranos

Em Cidade Ocidental temos 4 candidatos disputando a prefeitura. Antônio Lima (DEM) foi o primeiro prefeito da cidade. Paulo Rogério (PROS) é vereador em seu segundo mandato. Fábio Correa (PRTB) está no primeiro mandato como vereador. Já Luiz Vieira (PSDB), foi vereador e secretário municipal.

Reeleição

No entorno apenas os prefeitos de Luziânia, Cristóvão Tormin (PSD); Santo Antônio do Descoberto, Itamar (PDT); Águas Lindas, Hildo do Candango (PSDB); Planaltina, Reis (PTC) e Cocalzinho, Alair Ribeiro (PR) concorrem a reeleição.

Prestação de contas

O grande desafio dos candidatos à reeleição é fazer uma prestação de contas que convença o eleitor a apostar novamente em seu projeto. O desafio é duplo, ter seu governo aprovado e conquistar o voto novamente.

Sem TV

Sem canais de TV’s locais, a prestação de contas se torna mais difícil. Nesse quesito, apenas Cristóvão Tormin tem vantagem. Luziânia é o único município da região que possui canal de TV.

 

ELEIÇÕES 2016

Pesquisa X Enquete

Uma pesquisa eleitoral registrada passa pela submissão de diversos controles: período da coleta de dados; margem de erro; número de entrevistas; nome da entidade ou empresa que encomendou a pesquisa; e o número de registro na Justiça Eleitoral. Já as enquetes não são submetidas a nada.

Influência no voto

A Justiça entendeu que a divulgação de pesquisas eleitorais pode influenciar no voto, com potencial repercussão no resultado do pleito, uma vez que devem ser resguardados a legitimidade e o equilíbrio da disputa eleitoral.

Fique ligado!

De acordo com o artigo 21 da Resolução TSE nº 23.453/2015, o veículo de comunicação social arcará com as consequências da publicação de pesquisa não registrada, mesmo que esteja reproduzindo matéria veiculada em outro órgão de imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here