Coluna Entorno entrevista os candidatos mais votados em Santo Antônio

Segundo mais votado do país

Dr. Adolpho foi o prefeito com maior percentual de votos em todas as eleições em Santo Antônio. Ele teve o maior percentual de votos na região do Entorno e no estado de Goiás e foi o segundo prefeito com maior percentual de votos no país. Adolpho teve 86,04% dos votos válidos. O primeiro colocado foi Beto Preto, de Apucarana (PR), com 86,11%.

“Ser o mais votado não representa sucesso, representa uma carga de responsabilidade ainda maior”. – Dr. Adolpho, prefeito de Santo Antônio do Descoberto (GO).

Responsabilidade

Para Adolpho, ser médico, tendo a saúde pública como o maior problema de Santo Antônio, é uma grande responsabilidade. “O eleitor não quer saber de políticos. A população escolheu um médico acessível a eles, num voto de confiança e de protesto. Esse voto foi uma recusa classe política de Santo Antônio”.

Sem convênios

“Santo Antônio não tem as certidões necessárias, no CAUC, para celebrar convênios com o Governo Federal”, afirma Adolpho, num tom de preocupação e setencia: “A situação é desastrosa”.

Recurso garantido

O prefeito tranquiliza a população em relação aos recursos voltados para áreas cruciais. “Educação, saúde e ação social terão seus recursos garantidos pelo Governo Federal”.

Transição de governo

Até o momento a transição de governo não foi iniciada. “Aconteceram incêndios em órgãos importantes da prefeitura, o que dificulta a transparência das ações passadas”. Adolpho acredita que a transição acontecerá de qualquer forma.

LRF

Santo Antônio está com 74% de sua receita comprometida apenas com o salário dos servidores. Índice bem acima do que permite a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Investimentos

Adolpho afirma que o município passa por uma situação critica. “Existem diversos processos na Justiça de ex-funcionários e de empresas que acusam a prefeitura de não ter honrado seus compromissos. Além disso, tem o alto percentual gasto com o salário dos concursados e dos comissionados. Tudo isso impede a prefeitura de realizar investimentos básicos na manutenção da cidade”, finaliza.

Sem apoio partidário

O vereador Antonio Charlim teve 719 votos, 110 votos a mais, em comparação ao segundo colocado e quase três vezes a votação do último vereador eleito. Apesar de ter sido o mais votado, esse resultado aconteceu sem nenhum apoio de seu partido, o PTC, nem no Distrito Federal e nem no Estado de Goiás.

Atraso na folha

Antônio Charlim se preocupa com o atraso no pagamento do funcionário público municipal. “Minha prioridade como vereador será ajudar o prefeito a colocar a folha de pagamento em dia”, disse.

Presidência ou Secretaria?

O vereador Charlim não pretende se candidatar, nesse primeiro ano, para a presidência da Câmara de Vereadores e nem deixar o mandato para assumir uma secretaria municipal.

* A Coluna Entorno é escrita por Sandro Gianelli e impressa todas as quartas no Jornal Alô Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here