Carlos Tomé deixa chefia de gabinete do governador Rollemberg

carlos_tomeDepois de seis meses no cargo, Carlos Henrique Tomé deixa a chefia de gabinete do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. A exoneração feita a pedido do ex-secretário de Mobilidade foi publicada no Diário Oficial do DF desta segunda-feira (28).

O substituto para o posto não havia sido definido até a publicação desta reportagem. O G1 procurou o Buriti, que não se pronunciou sobre o caso até a noite desta segunda.

Tomé foi a terceira pessoa a ocupar o cargo desde o início da atual gestão. Antes dele, Alexandre Ribeiro Lopes ficou por menos de 30 dias na chefia de gabinete. O primeiro a ocupar o posto foi o diplomata Rômulo Lopes, que permaneceu na função por pouco mais de um ano.

No início deste ano, Tomé chegou a ser anunciado para o cargo, mas desistiu antes da nomeação oficial. O ex-secretário de Mobilidade assumiu o posto em 12 de maio.

Engenheiro civil, bacharel em direito e mestre em relações internacionais, Tomé foi um dos coordenadores de transição do governo Rollemberg. Ele deve voltar ao Senado, onde atua como consultor legislativo. Antes de chegar ao GDF, ele também foi subchefe de gabinete da liderança do PSB.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here