Escolha uma Página

10-medidas-contra-a-corrupcaoPor Sandro Gianelli

10 medidas

As 10 medidas contra a corrupção foram aprovadas na Câmara Federal com modificações apresentadas pelos deputados federais.

Punição

Uma das propostas aprovadas, que não estava no projeto popular, prevê a punição de juízes e membros do Ministério Público por abuso de autoridade.

Reprovação

A proposta foi vista como um afronte as investigações da Operação Lava Jato e têm sido o motivo de diversas manifestações populares.

Comportamento

A maioria dos parlamentares que votaram a favor da proposta se mantiveram quietos após as manifestações de rejeição por parte de grande parte da sociedade.

Posição

O deputado federal Fraga (DEM) não se escondeu. Fraga partiu para o ataque na defesa de mais punição para os membros do judiciário.

Whatsapp

O deputado tem se manifestado em grupos do whatsapp em defesa de sua posição. Fraga não se intimida e bate na tecla de que haja maiores punições para aqueles que cometam qualquer tipo de ilegalidade.

Em parte

O deputado federal Izalci (PSDB) votou contra a proposta que prevê a punição de juízes e membros do Ministério Público por abuso de autoridade. Izalci entende que deve haver uma punição a altura, mas afirma que o momento não foi o correto.

Afronta

Para a maior parte da população o que a Câmara fez vou legislar em causa própria tendo em vista o avanço nas investigações da Operação Lava Jato.

Receio

Este foi o receio de Izalci, votar a favor e parecer que é uma quebra de braço entre o Legislativo e o Judiciário.

Certo X Errado

O certo é que um Juiz não pode continuar errando e ser punido com a aposentadoria remunerada, dentre outros casos que nos deparamos ano a ano.

Ele pode

O Congresso já nos mostrou que quando quer, qualquer que seja a proposta é aprovada. Está na hora dos congressistas praticarem mais esse tipo de ação. Valeria sim uma discussão envolvendo a sociedade para que essas medidas contra a impunidade, de determinadas categorias, fossem aprovadas.

Pegou mal

Mas sem dúvida a aprovação desta proposta, neste momento, pegou mal para os parlamentares e ficará ainda mais feio se os senadores reprovarem a proposta, principalmente por conta das manifestações do último domingo (4) e da cobertura da imprensa.

Raridade

Nos dias de hoje é raro encontrar parlamentar com posição firme e que não tenha medo da reprovação popular. Precisamos de mais políticos assim, mas também precisamos de cautela na hora do voto.