Coluna Entorno entrevista o prefeito do município de Alexânia

“Não poderia gastar os recursos referentes a Vila Esperança sem as obras de saneamento básico. Imagina se eu faço o asfalto, calçada, meio fio e etc., e em seguida destruímos tudo para fazer o esgoto? Não tem cabimento”, prefeito Ronaldo Queiroz – Alexânia.

O prefeito Ronaldo Queiroz (PMDB) esta no final do seu segundo mandato. Foi prefeito entre 2005 e 2008 e 2013 e 2016, não concorreu a reeleição e desabafa sobre uma obra que não conseguiu concluir.

Vila esperança

Ronaldo articulou a vinda de 39 milhões de reais para a infraestrutura da Vila Esperança. Os recursos foram divididos em dois projetos: um com 32 milhões para o saneamento básico e o outro com 7 milhões destinados para o asfalto, calçada, meio fio, sarjeta e sinalização de trânsito.

Projetos

A Caixa Econômica dividiu as obras em dois projetos. Os 32 milhões ficaram com a SANEAGO e os 7 milhões com a prefeitura.

Dependência

Ronaldo explica que a prefeitura apresentou o projeto, que foi aprovado e está com os recursos depositados no caixa da prefeitura. Porém, para iniciar as obras, primeiro, a SANEAGO precisa realizar toda a obra referente ao saneamento básico.

SANEAGO

Durante os 4 anos, a SANEAGO não apresentou o seu projeto. Mesmo assim a Caixa autorizou o inicio das obras.

Contrato assinado

A prefeitura licitou a obra e esta com o contrato assinado, aguardando a SANEAGO iniciar e concluir o saneamento, para que em seguida a prefeitura inicie as obras de infraestrutura.

Reforço no caixa

O governador Marconi Perillo (PSDB) repassou o pagamento da contrapartida para a área de saúde. A medida garantiu um reforço no caixa dos prefeitos.

Extra

O Tribunal de Contas dos Municípios autorizou os prefeitos a utilizar a verba extra da saúde para custear outras necessidades.

Primeiro escalão

O deputado federal Célio Silveira (PSDB) foi convidado para assumir a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Estado de Goiás.

Vice-governadoria

A nomeação traria mais visibilidade para o deputado Luzianiense, o que o tornaria mais conhecido no Estado. Nos bastidores é dado como certo que o próximo vice-governador será da região do Entorno. Os tucanos Célio, Lêda Borges e Hildo do Candango estão no pareô.

Recusado

Apesar do convite Célio alega estar fazendo um excelente trabalho na Câmara dos Deputados e não deve assumir a Secretaria. Convenhamos, assumir um pepino desses não é nada fácil, principalmente na região do Entorno, que é uma das mais violentas do Estado de Goiás.

Diplomação

Duas cerimônias de diplomação de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e suplentes aconteceram no início desta semana. Segunda (12) foi em Padre Bernardo e ontem (13) em Cidade Ocidental.

* A Coluna Entorno é escrita por Sandro Gianelli e veiculada todas as quartas no Jornal Alô Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here