Caos financeiro e administrativo assombram as novas gestões

Por Sandro Gianelli

Pábio Mossoró em reunião com representantes do Projeto Melhor Idade.

Caixa de surpresa

Em Valparaíso a situação financeira encontrada pela atual gestão ainda é um mistério. O acesso das contas detalhadas será possível, somente, a partir do dia 16/1.

Cidade limpa 1

O prefeito de Valparaíso, Pábio Mossoró (PSDB), colocou a equipe para trabalhar. Uma força tarefa foi montada para limpar a cidade. Unidades de saúde, praças e escolas foram roçadas, limpando o mato alto, tanto na parte interna, quanto na externa.

Cidade limpa 2

Coleta de lixo, operação tapa-buraco, limpeza urbana, iluminação pública e roçagem estão na lista das ações prioritárias e imediatas em Valparaíso.

Endereço novo

Algumas Secretarias de Valparaíso estão em processo de mudança para melhor atender a população.

Proibido adoecer

Praticamente todas as unidades de saúde de Valparaíso sofrem com a falta de remédios básicos. E vai além, na saúde foi encontrado carros sem motor, armários revirados e computadores sem programas básicos para o funcionamento.

Prioridade

Pelo menos no início da gestão de Pábio Mossoró, saúde e educação terão prioridade total. A missão é solucionar as demandas mais urgentes, sem deixar a máquina pública parar.

Dr. Adolpho em reunião para pagar os salários dos servidores municipais.

Caos

A equipe de governo do prefeito de Santo Antônio do Descoberto herdou muitas dívidas, a principal é o salários dos servidores.

No escuro

O prefeito Dr. Adolpho (PMDB) esta literalmente no escuro. Diversos órgãos públicos estão com a energia cortada. A conta de água não fica atrás, o corte é mais um reforço nas pendências iniciais do novo governo.

Despejados

Secretarias e escolas foram despejadas por falta de pagamento dos aluguéis, além de telefones cortados e carros sucateados.

Rombo

A equipe ainda não conseguiu calcular o tamanho do rombo. “Os valores ainda incalculáveis serão apresentados para a população assim que os relatórios financeiros forem concluídos”, afirma o prefeito.

Resenha ruim

Lixo nas ruas, buracos no asfalto, postos de saúde que não funcionam, carros quebrados, servidores fora de função, falta de médicos, remédios vencidos, falta de materiais e de maquinários resumem o início da gestão em Santo Antônio.

Remédio amargo

Dr. Adolpho afirma que algumas vezes é preciso tomar um remédio amargo agora, para trazer resultados no futuro. “Quero ser cobrado pelo que fiz em meu mandato, não pelo que fiz em 100 dias, seis meses ou um ano”, e finaliza, “arrumar a casa é o nosso compromisso número um”.

Dr. Davi e sua vice, Pastora Cida, com a mão na massa.ho

Expediente alterado

A prefeitura de Planaltina alterou o horário de expediente administrativo. Desde segunda, 9/1, o expediente tem sido das 13h às 19h. O motivo é a economia de despesa. O secretário de administração e planejamento, Godofredo Gonçalves, alega que a medida é necessária por conta da baixa disponibilidade financeira do município.

Acima do teto

O prefeito de Planaltina, Dr. Davi (PROS), se deparou com os gastos com pessoal acima do valor máximo permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 56%. A prefeitura passa dos 83%.

Calamidade financeira

A prefeitura de Planaltina passa por uma situação financeira calamitosa. O descompasso entre o que se arrecada e o que se gasta acumula dividas mensais, que estão com cifras milionárias. Dr. Davi avisa que decretará Calamidade Financeira no município.

Acima dos 100

A prefeitura de Planaltina acumula mais de 100 milhões de reais em dividas.

Abandono

Com escolas necessitando de reformas; quadras de esporte e ginásios abandonados, servindo de abrigo para usuários de drogas; carros e máquinas velhos e quebrados, a nova gestão terá que economizar e priorizar para recuperar a cidade.

Austeridade

Dr. Davi reduziu as Secretarias de 12 para 5. Os cargos comissionados foram reduzidos de 287 para 19. Horas extras foram cortadas, salvo exceções rigorosas. E uma auditoria no patrimônio, nos gastos e nos contratos esta em andamento.

* A Coluna Entorno é escrita por Sandro Gianelli e veiculada todas as quartas no Jornal Alô Brasília.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorConectado ao Poder com Izalci
Próximo artigoConectado ao Poder com Márcia de Alencar e Dr. Davi
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; autor do Blog do Sandro Gianelli; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 12h às 14h, na Rádio OK FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here