Projeto do deputado Rafael Prudente acaba com supersalários no governo do DF

O deputado Rafael Prudente do PMDB protocolou nesta segunda-feira (6) na Câmara Legislativa do DF, proposta de Emenda à Lei Orgânica do Distrito Federal acabando com os supersalários no GDF. O texto da proposta estabelece que deve ser aplicado o mesmo Teto Remuneratório dos servidores públicos às empresas públicas e às sociedades de economia mista e suas subsidiárias. A medida atinge empresas como a CAESB, CEB, NOVACAP e TERRACAP.

O deputado Rafael argumenta que o Distrito Federal vive situação de extrema escassez de verbas públicas, a impor o uso de todas os instrumentos possíveis para o seu resguardo.

“Não é aceitável que empresas públicas e sociedades de economia mista, que recebem verbas públicas, tenham sua política remuneratória inteiramente desatrelada tanto a realidade da sociedade, bem como da realidade de mercado”, disse Rafael Prudente.

Os supersalários pagos a servidores de empresas públicas do DF foram divulgados na semana passada e chocaram toda a sociedade.

Na TERRACAP por exemplo, um bibliotecário chega a receber salário de R$ 39.923,95. Já o diretor da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) chega a ganhar R$ 54.204, 45. Há engenheiros com salário de R$ 35.834,30. O cargo de presidente da instituição é remunerado com R$ 54.555,37.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here