Escolha uma Página

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) suspendeu a contratação de vigilantes para a Saúde. A licitação de N° 114/2017, sofreu uma suspensa cautelar. O contrato tinha caráter emergencial, por até 180 dias. O objeto era a prestação de serviços de vigilância armada e desarmada patrimonial e de segurança, diurna e noturna, com fornecimento de mão-de-obra, materiais e equipamentos.

Por Sandro Gianelli
Coluna On´s e Off´s / Jornal Alô Brasília