Em maus lençóis

Apesar de condenada, nada muda para a deputada distrital Liliane Roriz (PTB). A parlamentar foi condenada por unanimidade, pelos seis desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por compra de votos e falsidade ideológica na campanha de 2010. Porém, a decisão ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A deputada pode pegar até cinco anos de reclusão por omitir documento, e até quatro anos por oferecer vantagem indevida. Outras penas podem ser impostas como o pagamento de multa e a inelegibilidade por tempo determinado pela Corte.

Por Sandro Gianelli
Coluna On´s e Off´s / Jornal Alô Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *