Escolha uma Página

Estudo realizado pelo site do Jornal O Globo aponta o gabinete do vice-governador do DF, Renato Santana (PSD), como o que mais gasta em todo o país. Foram um pouco mais de R$ 13,6 milhões. Um dado comparativo aponta que o vice no DF contou com mais recursos do que a estrutura da Vice-Presidência da República. Os dados são referentes a 2016. As informações foram pesquisadas nos portais de transparência, além de informações dos próprios governos.

Estrutura

Em 2016, o vice-governador do DF teve a sua disposição cerca de cem servidores. Segundo a assessoria de Santana o alto custo, bem como, a quantidade de cargos, se deu pelo acumulo de funções. O vice acumulava as funções de administrador regional de Vicente Pires e secretário de Cidades. Hoje, ambas as funções são ocupadas por filiados do PSB, partido do governador Rodrigo Rollemberg. Para se ter uma ideia, o estado que menos gastou com a vice governadoria foi o Mato Grosso do Sul, apenas R$ 245 mil anuais.

Por Sandro Gianelli
Coluna On´s e Off´s / Jornal Alô Brasília