Luzia de Paula fiscaliza o Hospital Regional do Paranoá

A deputada distrital Luzia de Paula (PSB) fiscalizou o atendimento no Hospital Regional do Paranoá na tarde de ontem (26). Durante a manhã, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), presidida pela deputada, realizou uma Sessão Itinerante no Auditório do Hospital.

Após a sessão, a parlamentar seguiu pelos corredores do Hospital, acompanhada por membros do Conselho de Saúde do Paranoá, profissionais da saúde e assessores. Durante a fiscalização a parlamentar percorreu todas as alas do Hospital e constatou o quanto a saúde pública no país sofre pela falta de recursos.

Durante a visita foram encontradas várias irregularidades no atendimento aos pacientes. Dentre elas a superlotação, com grande número de pacientes em atendimento pelos corredores; longa espera para realização de exames especializados e de cirurgias em geral; além da falta de material e de técnicos.

“Infelizmente a falta de investimentos do governo em todo o país, faz com que nossa população se depare com uma saúde tão sucateada. Um dos principais motivos para termos chegado a esse estado foi o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF), que era um imposto que existiu até 2007 e tinha o objetivo de cobrir gastos do governo federal com projetos de saúde em todo o país”, disse a deputada.

O Hospital do Paranoá atende pacientes do Paranoá, Itapoã, São Sebastião e até de Unaí/MG e infelizmente o espaço físico já não comporta a demanda.

Fonte: Ascom Luzia de Paula

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCondenado
Próximo artigoColuna Entorno | De novo 1
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; autor do Blog do Sandro Gianelli; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 12h às 14h, na Rádio OK FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here