Três perguntas para o Deputado Federal Izalci Lucas (PSDB)

Quais serão os benefícios diretos que a MP 759/2016 trará para a população do DF?

O benefício principal é sair da ilegalidade. Hoje, mais de 50% da população do DF vive e trabalha em espaços sem escritura. A população que vive em condomínios e assentamentos sofre diariamente com a possibilidade de ter suas casas derrubadas e irem para a rua. Outro benefício é que a garantia por lei permitirá regularizar os lares. A MP também garante que os condomínios poderão ser fechados. Nos condomínios a infraestrutura e sua valorização serão debitados do valor a ser pago pelo lote. No caso dos empreendimentos rurais, foi estipulado um valor mínimo por hectare e o financiamento pode ser feito em até 20 anos.

Após a aprovação da MP existe alguma possibilidade de a medida ser engavetada?

Não acreditamos nisso porque existe a vontade do Governo Federal e da população que quer ver resolvido esse problema que afeta tanta gente.

O que você espera que aconteça de prático após a sanção da Medida Provisória?

Que os governos, com o instrumento da lei, façam justiça com essa imensa população que vive à margem da lei, não por vontade, mas por necessidade.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília

COMPARTILHAR
Artigo anteriorColuna Entorno | Protocolo padrão
Próximo artigoDe cabeça para baixo

Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; autor do Blog do Sandro Gianelli; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 12h às 14h, na Rádio OK FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here