Barrados pelo MP

O Ministério Público Federal pediu para a Justiça barrar o pedido de acesso aos áudios, gravados durante a Operação Drácon, nos gabinetes de Celina Leão (PPS) e Cristiano Araújo (PSD). A subprocuradora Cláudia Sampaio entende que não há notícia de que a decisão tomada pelos desembargadores tenha se baseado nos áudios, objeto das escutas ambientais. A justificativa é a base da negação ao acesso dos áudios feita pelos advogados dos deputados.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCombate à fraude
Próximo artigoSem água e com aumento

Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; autor do Blog do Sandro Gianelli; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 12h às 14h, na Rádio OK FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here