Escolha uma Página

O Cientista Político, Valdir Pucci, acredita que a solução para o país passa pelo respeito a Constituição. Isso, caso haja a saída de fato do presidente Temer, seja por renúncia ou por impeachment. Segundo a Constituição teremos a eleição de um presidente de forma indireta, mesmo sendo realizada por esse Congresso totalmente destoante da sociedade, independente do Congresso que temos. “Não podemos cair na esparrela de republiquetas latino-americanas que a cada crise institucional altera-se a Constituição ao bel prazer destas crises”, defende Pucci.

Nas mãos do TSE

A possibilidade de uma eleição direta só existe se o TSE cassar a chapa ainda com o Temer presidente. E uma vez cassada, o próprio TSE decidirá pela convocação de eleições diretas.

Esperança são as Instituições

Valdir entende que só se reconstrói um país observando a Constituição e encontrando respostas nas próprias instituições. Não nas pessoas das instituições, mas sim nas instituições como um todo.

Negar a política é o pior caminho

Pucci alerta que a população deve continuar atenta. “Por mais distante que nos pareça a política, ela é algo do nosso dia a dia. Temos que ter isso sempre em mente. Cuidar, observar, ver a política é na verdade cuidar da nossa própria vida, pois o que a política faz, nós influência diretamente. Por mais desanimados que estejamos não podemos desistir da política. Pelo contrário, devemos cobrar o respeito das instituições e o respeito a Constituição Federal”.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília