Escolha uma Página

O deputado distrital Cláudio Abrantes (sem partido) entende que a polícia civil sofre um pouco mais do que as demais categorias por não ter havido nenhuma política de recomposição. Na gestão passada, a alegação era de que o reajuste só poderia acontecer com a paridade da polícia federal. Já nesta gestão, o governo se recusa por alegar não ter recursos.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília