Escolha uma Página

O caso de corrupção que envolveu o ex-deputado distrital Benedito Domingos, seu filho, neto e nora, teve uma reviravolta. Os parentes de Domingos foram absolvidos pelo TJDFT da acusação de crime de corrupção ativa. O processo era referente a licitação para a contratação de decorações natalinas do ano de 2008.

Decisão unanime

A Justiça reconheceu que o depósito de R$ 30 mil reais que havia sido feito na conta de Domingos se tratava da devolução de parte de um empréstimo de R$ 42 mil reais feito ao filho cerca de 40 dias antes, descaracterizando a ocorrência de pagamento de vantagem indevida oriunda dos contratos de licitação. A decisão foi unanime.

E agora?

Benedito Domingos (foto) cumpre pena em prisão domiciliar em razão do crime de corrupção passiva. Com essa reviravolta, a defesa de Benedito entende que não é possível mantê-lo condenado por corrupção passiva diante da absolvição de outros réus pela corrupção ativa.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília