Sem unanimidade no DF

Foto: Leonardo Prado / Câmara dos Deputados

A Medida Provisória 759, que entre outros temas, trata da regularização de condomínios, não conseguiu sensibilizar todos os parlamentares do DF no Congresso. Apesar de ser um assunto de interesse de mais de um milhão de brasilienses. No senado, o senador Reguffe (sem partido/foto) votou contra e Cristovam Buarque (PPS) não participou da sessão. Na Câmara dos Deputados Erika Kokay (PT) foi contrária e Rogério Rosso não esteve presente na sessão.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAbsolvição de familiares
Próximo artigoColuna Entorno | Construção de chapa majoritária
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; autor do Blog do Sandro Gianelli; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 12h às 14h, na Rádio OK FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here