Escolha uma Página

A deputada distrital Sandra Faraj (SD) foi denunciada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) pelo crime de estelionato. Segundo o MPDFT, Sandra teria feito uso indevido de verba indenizatória pelo menos 12 vezes entre 2015 e 2016.

Confiança no judiciário

A distrital se manifestou por meio de nota é considera que o Ministério Público erra ao oferecer a denúncia. A deputada se considera vítima de uma armação feita por funcionários demitidos do gabinete e confia que o Poder Judiciário saberá aplicar a justiça nesse caso.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília