Escolha uma Página

Depois do aumento médio de 3% nas vendas para o dia das mães, páscoa e dia dos namorados, o comércio do DF espera que o frio eleve o faturamento das lojas que vendem agasalhos, pelo menos em 2%, ante 1,5% do inverno passado.

Otimismo

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista do DF, Edson de Castro, argumenta que a liberação das contas inativas do FGTS está injetando ânimo nos consumidores. “Se as vendas forem positivas no dia dos pais, 13 de agosto, teremos um claro sinal de que elas poderão subir ao menos 5% para o natal”, finaliza.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília