Escolha uma Página

A deputada federal Erika Kokay (PT) protocolou uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), relacionada ao decreto da Câmara Legislativa contra regulamentação da Lei 2.615/2000, que determina sanções às práticas discriminatórias em razão da orientação sexual das pessoas.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília