Escolha uma Página

A deputada distrital Sandra Faraj (SD) ganhou uma indenização de R$ 20 mil, a título de danos morais contra o Sindicato dos Professores do Distrito Federal – SINPRO/DF. O sindicato publicou em seu site palavras ofensivas à sua honra e imagem.

Dano moral

Por decisão colegiada e unânime, a Justiça entendeu que o abuso no direito de informação e de pensamento de uma parte que venha a afetar o direito à honra e imagem de outra ultrapassa os meros aborrecimentos e configura dano moral.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília