Escolha uma Página

É o que garante o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/foto). Para Maia, a Casa deve garantir quórum para a análise do processo contra o presidente Michel Temer (PMDB).

“Nosso papel é votar. É muito grave que a Câmara não tome uma decisão, que seja para aprovar ou não, é uma decisão de cada deputado. Mas não votar é manter o País parado no momento que o Brasil vive de recuperação econômica, mas ainda com muitas dificuldades”.

Deputado Federal Rodrigo Maia (DEM).

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília