Escolha uma Página

Pesquisa realizada pelo instituto Exata, contratada pela associação dos oficiais da reserva remunerada e reformados da polícia militar e dos bombeiros mostra que para 57% dos policiais o trabalho afeta ou já afetou a sua vida pessoal ou psicológica. Nos bombeiros o percentual cai para 45%.

Futuro comprometido

52% dos militares acreditam que as medidas adotadas pelo atual governo vão piorar a segurança pública no Distrito Federal. Para 35% ficará igual e apenas 4% acreditam que irá melhorar. 9% não souberam responder.

Descrédito

Quando separados entre policiais militares e bombeiros é possível notar que a polícia militar tem o maior percentual de descrédito em relação a atual gestão. Para 56% dos policiais vai piorar, contra 45% dos bombeiros.

Representação política

Questionados sobre políticos que atuam em favor da categoria apenas 40% reconhece alguma liderança. A corporação que menos reconhece um representante são os bombeiros. 68% não se sente representado por nenhum político, contra 55% da PM.

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília