Coluna Entorno | Aumento questionado

O Ministério Público de Goiás ajuizou uma ação civil pública questionando o aumento ilegal de salário da prefeita Sônia Chaves (PSDB), do vice-prefeito e dos secretários municipais de Novo Gama. Segundo o documento, o reajuste teria sido aprovado após passar por processo legislativo viciado.

Everaldo vetou

Apesar do ex-prefeito de Novo Gama, Everaldo Vidal, ter vetado o projeto de Lei nº 1688/16. A Câmara de Vereadores da atual gestão derrubou o veto, contrariando a Lei Orgânica do Município, que estabelece o mínimo de votos de dois terços dos vereadores para a rejeição do veto.

Perguntar não ofende

Recentemente a prefeita de Novo Gama, Sônia Chaves, apareceu em sua página no Facebook, assinando o decreto número 984, que determina a redução salarial, tanto do seu salário, quanto do vice-prefeito e dos secretários municipais. Será que foi por determinação da Justiça?

Por Sandro Gianelli / Coluna On’s e Off’s / Jornal Alô Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here