On´s e Off´s | Grupo Resgatar Brasília lançará campanha contra a reeleição

Quadrilhão do PMDB

O presidente Michel Temer (PMDB/foto), os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, o ex-ministro Geddel Vieira Lima e os ex-presidentes da Câmara Henrique Eduardo Alves e Eduardo Cunha foram intitulados pela Polícia Federal como o quadrilhão do PMDB.

31 milhões

A Polícia Federal concluiu o Inquérito n° 4.327 do Supremo Tribunal Federal (STF), instaurado para apurar crimes supostamente praticados pelo grupo. Para a PF, somente o presidente Temer teria embolsado mais de 31 milhões de reais em vantagens indevidas.

Resgatar Brasília

O grupo Resgatar Brasília é coordenado pelo ex-administrador do Cruzeiro Zenóbio Rocha (foto). O grupo conta com mais de 200 ex-candidatos e pré-candidatos para as eleições de 2018. Somados os votos de todos os suplentes o grupo soma quase meio milhão de votos.

Ampla aliança

A união dos suplentes tem como objetivo resgatar o Distrito Federal. Esse projeto passa por uma ampla aliança partidária que visa a renovação, principalmente na Câmara Legislativa. Além disso, será criado um instituto, que terá como objetivo principal fiscalizar a ação do executivo e do legislativo local.

Suplentes usados

Em entrevista ao Programa Conectado ao Poder, da rádio OK FM, Zenóbio afirmou que os membros do Resgatar Brasília somam mais votos do que todos os distritais eleitos. Porém, sem mandato, não são ouvidos e reclama que os partidos, da forma que são compostos, usam esses votos como bucha de canhão, sem compromisso após as eleições.

Sem reeleição

Membros do Resgatar Brasília prometem lançar uma campanha para não reeleger ninguém nas eleições de 2018. A campanha será realizada na internet e também nos carros, que serão adesivados. O grupo promete adesivar mais de 20 mil carros.

Renovação

“Acredito que a eleição de 2018 terá uma grande renovação. Em 2016, o eleitor já se comportou de forma diferenciada, não reelegendo quase ninguém. Na região do Entorno mesmo, as Câmara passaram por grandes renovações. Por isso acredito que essa tendência se repetirá no DF”, disse Zenóbio Rocha.

* A Coluna é publicada de segunda a sexta no Blog do Sandro Gianelli, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here