Novidade: ex-presidente do STF dá sinais de que pode ser candidato em 2018

Mantendo a tendência de buscar candidatos fora da política tradicional, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto também é cotado por partidos para disputar as eleições de 2018. O magistrado aposentado tem sido sondado pela pelo PSB e Rede para ocupar o principal cargo do Palácio do Planalto, de acordo com o jornal Valor Econômico.

Oficialmente, o ex-ministro nega que tenha aceitado qualquer convite. Seu nome já havia sido cogitado no auge da crise política causada pela divulgação da gravação comprometedora entre Joesley Batista, dono do grupo J&F, e o presidente Michel Temer (PMDB), quando se cogitou a possibilidade de renúncia do peemedebista da Presidência da República.

Britto teria participado de pelo menos três conversas com os dirigentes do PSB e estaria refletindo sobre o assunto, de acordo com o Valor. O partido precisa avaliar de fato o interesse dele em se filiar para passar a analisar o desempenho do ex-juiz em pesquisas eleitorais.

O ex-ministro também foi sondado pela Rede Sustentabilidade e manteve conversas com a presidenciável Marina Silva. A ex-ministra já deu declarações sobre a possibilidade e o interesse de seu partido receber filiações de ex-membros do Judiciário. “A Rede tem respeito por essas figuras. E elas têm toda a legitimidade para, se de modo próprio desejarem, participar. Com certeza devem ser bem-vindas no espaço da política”, afirmou Marina ao jornal O Estado de S.Paulo.

Britto tem 74 anos e se aposentou do STF em 2012 quando presidia a Corte. Nasceu Propriá (SE), é um constitucionalista e chegou ao Supremo por indicação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Fato este que não o impediu de contribuir para condenações do mensalão do PT no STF. Ele é visto como comprometido com combate à corrupção.

Candidatura de toga 

O ex-presidente do STF Joaquim Barbosa é outro forte cotado pela Rede para compor a chapa presidencial com Marina Silva. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que essa a aliança “dos sonhos”. Barbosa já apareceu em eventos públicos ao lado de lideranças do partido.

Também o ex-juiz eleitoral Márlon Reis, idealizador da Lei da Ficha Limpa, é um dos membros do Judiciário que se aproximou da política. Ele se filiou à Rede e deve ser lançado ao Senado pelo Tocantins.

Fonte: Gazeta do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here