On´s e Off´s | Eleição de administrador é uma idiotice, afirma Izalci

Por Sandro Gianelli

Sabatina ABBP

O deputado Federal Izalci Lucas (PSDB) participou da 22ª edição do Projeto Sabatina ABBP, nessa segunda-feira (2/10), na Sala de Reuniões da Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF). O encontro tem o formato de uma coletiva de imprensa com membros da Associação de Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno (ABBP) e o novo formato é realizado em parceria com a ACDF.

“Me preparei para ser candidato ao GDF. Estou no melhor momento para contribuir com minha cidade, mas não serei candidato sozinho. Não sou louco de sair candidato só por sair”.

Izalci Lucas (PSDB)

Deputado Federal e pré-candidato ao GDF

Padrinho

Questionado sobre sua relação com o senador Aécio Neves (PSDB), Izalci afirmou que Aécio não é o seu padrinho político no partido. “Minha relação com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin vem desde o governo do ex-governador Mário Covas (PSDB). Minha afinidade com o Alckmin, é bem maior do que a que tenho com o Aécio. Mas quero esclarecer que se tenho um padrinho no PSDB, este padrinho é a bancada nacional do partido”.

Projeto Brasília

O deputado que está em seu segundo mandato na Câmara dos Deputados afirmou que, no início, ainda no primeiro mandato, o foco dos trabalhos no Congresso eram a educação e a ciência e tecnologia. “Desde 2012 estou trabalhando num projeto para Brasília”, disse.

Doria ou Alckmin

Izalci declarou apoio a campanha de Alckmin à presidência da República. “Doria disse que não disputará prévias com o governador Alckmin e afirmou que seu candidato será o governador”, afirmou.

Racha nacional

Izalci não acredita que haverá um racha no PSDB nacional entre Doria e Alckmin, nem que o prefeito de São Paulo, João Doria, troque o PSDB por outro partido para disputar a presidência da República. Para Izalci, Doria não será um traidor com seu padrinho Geraldo Alckmin.

Racha local 1

Sobre o racha instalado no PSDB do DF, Izalci afirmou que está deixando correr frouxo para mostrar que o PSDB será protagonista nas eleições de 2018. O parlamentar afirmou que nos próximos dias haverá uma cobrança feita pela Executiva Regional para que todos os filiados do PSDB, que estão nomeados no GDF, entreguem os cargos. Izalci disse que tramita um pedido de expulsão do secretário-geral do partido, o suplente de deputado distrital Virgílio Neto.

Racha local 2

Para Izalci, a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia perdeu a oportunidade de afirmar que não tem interesse em fazer parte do atual governo. Izalci lembrou de matérias onde o nome de Abadia foi colocado como provável vice na chapa de reeleição de Rollemberg.

Preparado

Izalci defende que a solução para os problemas do Distrito Federal não passa por um nome, passa por propostas. “Estou mais preparado para governar o DF do que para ganhar a eleição, mas tenham certeza de que faremos uma bela composição partidária para as eleições de 2018. Minha pré-candidatura independe da questão partidária”.

Projeto de Estado

O parlamentar afirmou que hoje cada secretaria ou administração é um governo independente e ilhado. Izalci defende que haja um projeto de Estado onde todas as áreas trabalhem em conjunto.

Gestão aprovada

Sobre rumores de uma candidatura de Marconi Perillo ao GDF, Izalci negou que haja possibilidade de Marconi concorrer pelo DF, mas afirmou que seria ótimo para Brasília. “Marconi está no quarto mandato de governador do Estado de Goiás. Se ele fosse candidato ao GDF teria meu apoio pela competência comprovada no executivo”.

Idiotice

Izalci afirmou que as discussões sobre as eleições para administrador estão com o foco errado. “A eleição de administrador é uma idiotice. Não importa quem será o administrador. O que importa é o planejamento que será apresentado para a cidade. Esse planejamento deve ser estabelecido no orçamento. Dessa forma, independente de quem for o administrador, as políticas públicas serão executadas.”

Basta querer

Sobre a Lei que trata da Regularização Fundiária o parlamentar afirmou que a Lei permite ao governante regularizar todas as terras do DF e que só não serão regularizadas se o governador não tiver interesse.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Blog do Sandro Gianelli, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here