On´s e Off´s | Eleição da Executiva do PSDB do DF divide o partido

Por Sandro Gianelli

Xô eleição

Na edição de ontem (4) da Coluna On´s e Off´s o deputado federal Izalci Lucas (PSDB) disse que a eleição para administrador é uma idiotice. O deputado distrital Robério Negreiros (PSDB/foto) entrou em contato com a coluna e fez o seguinte comentário: “Ele não gosta mesmo de eleição. Daqui a pouco vai querer ser governador na intervenção”, concluiu.

Intervenção 1

O comentário tem base no histórico de eleições internas do PSDB. A última eleição foi disputada entre o grupo político do distrital Raimundo Ribeiro e do federal Izalci. No final ouve uma intervenção. Izalci assumiu o comando da sigla e Raimundo deixou o partido.

Intervenção 2

Hoje o PSDB passa por um novo processo interno de eleição. A disputa desta vez está entre o grupo político do federal Izalci (foto) e o grupo formado pela ex-governadora Maria de Lourdes Abadia, Márcio Machado, Virgílio Neto e o deputado distrital Robério Negreiros. O temor por uma nova intervenção à favor de Izalci é o centro da discussão.

Parou de novo

A obra de ampliação do viaduto da entrada de Taguatinga está parada há três meses. O local está cercado e não há movimentação de operários. Essa obra é antiga. Todos os últimos governos anunciaram o início da obra que nunca saiu do papel. Empresários do Centro de Taguatinga temem que após a entrega da obra, que afogará o trânsito, o comércio tenha uma queda nas vendas.

Na bronca 1

O Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol) não gostou da declaração do Secretário da Casa Civil Sérgio Machado. Sampaio afirmou que os policiais civis cumprem jornada de 6 horas e não cumprem o horário de trabalho.

Na bronca 2

Na última terça-feira (3) os deputados distritais Welington Luiz (PMDB) e Cláudio Abrantes (sem partido) usaram a tribuna da Câmara Legislativa para rebater a declaração de Sérgio Sampaio em apoio aos policiais civis.

Pingos nos is

O Sinpol esclareceu que há cerca de uma década, o horário de expediente da Polícia Judiciária foi modificado para o horário corrido, conforme o horário do Poder Judiciário. Passando ao horário de 12h às 19h, com carga de 35 horas semanais.

Crise geral

Não é só o GDF que passa por uma crise financeira. Após a redução no orçamento, a Universidade de Brasília (UnB) não tem conseguido arcar com seus compromissos e tem atrasado suas contas. A universidade não tem recursos para fechar o mês de outubro e prevê terminar o ano com déficit de até R$ 60 milhões.

Fim de apoio

A Frente Parlamentar Evangélica da Câmara Legislativa do DF quer que o governo anule uma portaria da Secretaria de Cultura, que cria uma política cultural específica para lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexuais (LGBTI). Segundo os deputados, o pedido é feito “em respeito à família brasiliense”.

Data mantida

A Executiva do PDT do DF manteve para a próxima terça-feira (10) a data para que o partido defina se permanecerá ou não na base de sustentação do Governo Rollemberg.

A reunião será realizada na sede nacional do partido. O deputado distrital Reginaldo Veras defende que a legenda se posicione com urgência sobre a questão.

Deu ruim

O Senado adiou a votação que poderia reverter o afastamento do Senador Aécio Neves (PSDB). O adiamento significa uma derrota para Aécio. Vários senadores temem que a reversão cause uma crise entre o Supremo Tribunal Federal e o Senado Federal.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Blog do Sandro Gianelli, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here