Escolha uma Página

Por Sandro Gianelli

A ex-deputada distrital Eliana Pedrosa assinou a ficha de filiação do Podemos, na tarde de hoje (26). Eliana se afastou do cenário político, mas deve ser um dos protagonistas nas eleições de 2018.

Em 2014, Eliana foi cotada para ser vice-governadora na chapa do governador Arruda. Uma decisão da nacional do PPS tirou Eliana da chapa. Hoje a ex-parlamentar é primeira suplente de deputado federal.

A assinatura da ficha de filiação de Eliana foi abonada pelo senador Álvaro Dias, pré-candidato à presidência da república pelo Podemos. A presidente nacional do partido, deputada federal Renata Abreu (SP), a deputada federal Jozi Araújo (AP), o deputado distrital Rodrigo Delmasso (DF) e o secretário nacional do partido, Adriano Stefanni, estiveram presentes.

O Podemos do DF é presidido pelo deputado distrital Rodrigo Delmasso, que foi líder do governo Rollemberg na Câmara Legislativa. O Podemos faz parte da base aliada ao Executivo.

Com a entrada de Eliana Pedrosa o partido poderá ter uma nova composição. Eliana sempre foi alinhada ao grupo de direita, que são oposição ao governo. Além disso, a reforma política, aprovada recentemente, obriga os partidos a focarem na eleição de deputado federal, o que deve dar força a Eliana na composição da sigla. A eleição de deputado federal chega a ser um caso de sobrevivência para os partidos.

O Podemos sai fortalecido, Eliana pode se cacifar para uma das vagas majoritárias. Resta saber se o partido estará com o governo ou na oposição.