Entrevista | “Rollemberg ainda está perdido no processo de gestão”, diz Joe Valle

Por Sandro Gianelli

O deputado distrital Joe Valle (PDT) concedeu entrevista ao programa Conectado ao Poder, da Rádio OK (104,1 FM), no último sábado. Joe é presidente da Câmara Legislativa do DF e pode vir a concorrer ao GDF nas eleições de 2018. Conversamos sobre sua atuação parlamentar, eleições 2018, Rodrigo Rollemberg, Michel Temer e Ciro Gomes. O Conectado ao Poder é apresentado por este colunista, todo sábado, das 6h às 8h. A Coluna On´s e Off´s trouxe um resumo das declarações.

Eleições 2018

“Minha vontade é governar, não necessariamente precisando ser governador. Tenho três planos. O plano A é ser candidato a deputado federal. O plano B é ser candidato ao senado se um acordo que eu fiz com uma determinada pessoa não der certo. O plano C é ser governador, isso se conseguirmos uma grande aliança para governar essa cidade e não simplesmente para eleger o governador”.

Rodrigo Rollemberg

“O governador Rollemberg é muito centralizador e tem um ‘Q’ de insegurança. Acho que ele esta trabalhando isso. Acho que ele melhorou de quando ele começou pra agora. Ele esta num modelo de aprendizado e ele tem essa característica de conseguir sintetizar as coisas, um poder de síntese muito grande. Mas acho que ele esta ainda perdido no processo da gestão porque não conseguiu ainda uma unidade de governo”.

Palanque local

“O PDT terá candidato a presidência da República e normalmente nessas condições é prudente que tenha uma candidatura local para passar toda a questão programática da conjuntura nacional. Então, provavelmente o PDT tenha candidatura própria no DF”.

Alianças

“As alianças serão discutidas durante o processo. O ideal é que sejam alianças programáticas. Não podemos pensar nas alianças sem pensar na ressaca de governar no dia seguinte. Um partido por si só não pode ser um rotulo de que não serve, de que não presta (em relação a uma coligação com o PT-DF)”.

Ciro Gomes

“Acho que o presidente Ciro (Gomes) é uma pessoa extremamente preparada, mas no meu entendimento ele precisa ter um pouco mais de paciência. As pessoas que se colocam para servir precisam entender que tem que usar o que eles tem mais, que são os ouvidos (dois) e uma boca”.

Executivo

“Eu sou um cara do Executivo. Se um dia eu puder governar o Distrito Federal meu foco será a Educação, em todos os sentidos. Para elencar prioridades você tem que conversar com os atores, as pessoas que participam do processo, não dá para simplesmente uma cabeça iluminada decidir sozinha. Temos que ter um mínimo de segurança para a população no que diz respeito as ações de governo”.

Governo Temer

“É um governo que começou errado, tenta acertar, mas infelizmente o líder tem que dar o exemplo e infelizmente, cada dia mais a gente percebe que ele não deu o exemplo no sentido básico que é a seriedade do homem público, acho que é o respeito. Ele esta fazendo as mudanças que precisam ser feitas, só que, pelo curto espaço de tempo não esta dialogando e tem uma grande chance de errar”.

Principal Lei

“O banco de alimentos me dá uma alegria enorme. A Lei do banco de alimentos beneficia 50 mil pessoas que recebem alimentos de boa qualidade que antes ia para o lixo. O programa desperdício zero e tudo que está acontecendo, hoje, ali na CEASA, me orgulham, são mais de 40 toneladas por mês de alimentos que iam pro lixo, que hoje servem pessoas que necessitam”.

Câmara Legislativa

“Fizemos um trabalho de planejamento estratégico com metas claras e definimos três diretrizes. Primeiro levar as pessoas para dentro da Câmara. A segunda é levar a Câmara para perto das pessoas. A terceira é transparência ativa”.

Saúde PMDF

“Num planejamento correto e claro. A saúde da PMDF não pode depender de emendas individuais dos deputados. Porque elas podem vir e não vir. Elas podem ser contingenciadas. O correto é ter (GDF) um planejamento de curto, médio e longo prazo e executar o planejamento. Tem que ter planejamento e orçamento muito claro”.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Blog do Sandro Gianelli, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here