Tribunal de Justiça do DF inocenta deputado Cristiano Araújo

Por unanimidade, A 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) inocentou, na tarde desta quarta-feira (13), o deputado Cristiano Araújo, que era acusado injustamente pelo Ministério Público do DF de ter cometido ato de improbidade, ligado à prática de nepotismo, por ter indicado para nomeação, em 2015, a companheira de um tio seu. A decisão dos desembargadores invalida condenação injusta, ocorrida em primeira instância, em abril deste ano.

A defesa comprovou a inocência do parlamentar, porque na época do ingresso da assessora no quadro de servidores da Casa, as normas legais e os pareceres da Câmara Legislativa permitiam o ato de nomeação. Ademais, a decisão também destacou que a indicada não agiu de má-fé, ao declarar o relacionamento que mantinha com o parente do deputado, quando foi nomeada.

Foi com serenidade e equilíbrio que Cristiano recebeu a decisão. Ele sempre acreditou que seria inocentado pelo Tribunal na apelação em segunda instância.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here