Escolha uma Página

Por Sandro Gianelli

Reprodução de um modelo de comunicação fadada ao fracasso / Reprodução da internet

Nos artigos anteriores falamos sobre a montagem de um planejamento de campanha eleitoral. Entre as etapas básicas que toda campanha deve seguir, falamos sobre a investigação e a estratégia.

Desta vez falaremos sobre a comunicação. Na investigação tivemos a oportunidade de ouvir as pessoas e entender suas necessidades. E agora vamos para a terceira fase de um bom planejamento. Aqui a comunicação deixa de ser unilateral e passa a ser de mão dupla.

Uma boa comunicação deve dialogar e além de ser algo básico a toda campanha, a comunicação deve ser entendida como essencial. Principalmente em tempos de descrédito com partidos e políticos. É fundamental transmitir emoções e mais do que isso, conversar com o eleitor, só assim será possível se conectar com ele.

Mas quero tocar num ponto importante para uma boa comunicação. É necessário deixar claro o que se pretende fazer, como será feito e porque será feito. Propostas sem pé nem cabeça e que não passam credibilidade não ajudam em nada uma candidatura.

Outro ponto importante é a narrativa que será feita para contar essa história. Sua compreensão deve ser feita de maneira clara e simples para o eleitorado.

Segue uma dica para a criação de uma narrativa em torno da história de um candidato. Comece dizendo: Quem ele é e por que ele quer ocupar o cargo? Por que votar nele e não nos outros? O que ele pretende fazer e como fará? Qual é o benefício que o eleitor terá em escolhe-lo?

Uma boa comunicação deve ter uma mensagem compreensível de forma clara e fácil. Para isso você deve saber com quem está falando e entender que sua mensagem deve ser tanto racional, quanto emocional.

Algumas perguntas que devem ser respondidas para se formular essa mensagem são: Qual é a história do político? Qual é o enredo da eleição? O que será feito? Como faremos? Quando vamos fazer? Quem vai se beneficiar? Onde iremos nos comunicar? Como essa comunicação será feita? E qual o conteúdo, tema e programa será apresentado?

 

Sandro Gianelli – Jornalista, radialista e consultor político com experiência em marketing político, eleitoral, digital e pesquisa de opinião pública.