A eleição dos marajás

Graças a um item da reforma política, aprovado na calada da noite pelo Senado, o poder econômico vai continuar a falar mais alto nas eleições de 2018. O dispositivo permite que os candidatos financiem integralmente suas campanhas até o limite de gastos para o cargo em disputa. Na prática, isso significa que os políticos poderão[…]

2018: deputado acredita que EUA podem influenciar eleições brasileiras

Em recente pesquisa realizada a pedido da Sputnik em diferentes países da Europa, os Estados Unidos foram apontados como o grande influenciador em eleições mundo afora pela maioria dos participantes. Mas, e no caso do Brasil? Será que os interesses de Washington devem ser motivo de preocupação para as eleições do ano que vem? ©[…]

Entrevista: O que pode e o que não pode nas eleições de 2018

Diante da minirreforma de 2015 e as alterações a partir da reforma política deste ano, as eleições de 2018 terão algumas alterações. Em entrevista ao programa VIVA VOZ, com os jornalistas Altair Tavares e Vassil Oliveira, o procurador eleitoral de Goiás, Alexandre Moreira Tavares dos Santos, explicou didaticamente o que os candidatos podem e o[…]

Robôs, redes sociais, política e eleições de 2018

No caldeirão da polarização política existente no Brasil, os robôs têm desempenhado um papel fundamental e que ameaça a já combalida democracia brasileira. De acordo com levantamento da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio; Vargas (FGV/DAPP) aponta que perfis automatizados motivaram debates no Twitter em situações de repercussão política brasileira desde as eleições[…]

Campanha na internet terá papel central na próxima disputa presidencial

O futuro aponta para eleições com menos comícios, carreatas e panfletagens —  e cada vez mais aparições de candidatos nos perfis dos eleitores nas redes sociais. A menos de um ano da próxima disputa presidencial, a sociedade se prepara para um embate em que a internet terá um papel central, apesar da aparente dificuldade que[…]

Reforma política: no que é preciso prestar atenção em 2018

As eleições de 2018 serão realizadas sob as novas regras aprovadas pelo Congresso. Em meio aos intensos debates sobre a reforma política, propostas mais complexas ficaram pelo caminho, como a ideia de mudar o sistema de votação de deputados e vereadores. Ao final, parlamentares dedicaram mais atenção à discussão de como custear as campanhas, já[…]

O que muda nas eleições de 2018 com a reforma política sancionada por Temer

Entre as regras sancionadas pelo presidente Michel Temer, estão a criação de um fundo eleitoral e o estabelecimento de um teto de gastos para campanhas  Os deputados e senadores aprovaram, no fim do prazo estabelecido pela lei eleitoral, a reforma política. As novas regras foram sancionadas pelo presidente Michel Temer e algumas já passarão a valer[…]

Eleitores têm até maio de 2018 para fazer inscrições, transferências e regularizar títulos

Eleitores que não estão regularizados na Justiça Eleitoral têm até o dia 9 de maio de 2018 para reverter a situação e poder participar das eleições gerais. O prazo é para procedimentos de alistamento, transferência de títulos, mudança de domicílio eleitoral e justificativa para faltosos. O jovem que completar 16 anos até 7 de outubro,[…]

Métricas da vaidade, um dos males atuais dos políticos brasileiros

Pesquisa Datafolha divulgada nesse fim de semana trouxe uma informação que chamou a atenção.  A queda na aprovação do prefeito João Dória, do PSDB, junto aos paulistanos , que foi de 41% para 32%, em quatro meses. Uma perda de 9%. Com um início fulminante, entre outros fatores pelo bom trabalho realizado nas redes sociais,[…]

Propaganda no Facebook e novo fundo: o que muda nas eleições de 2018

A tão esperada e debatida reforma política finalmente saiu. Após meses de idas e vindas, o presidente Michel Temer (PMDB) sancionou, na última sexta-feira, o projeto aprovado nos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. Ele tinha até o dia 7 de outubro para sancioná-lo para que algumas regras já passassem a valer a partir das eleições de 2018. As principais[…]

Advogados de Lula transformam peça de defesa em peça de marketing político

A assessoria jurídica do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) montou uma superestrutura de comunicação, com foco nas redes sociais, para defender seu cliente de todas as acusações. A equipe, responsável pela produção de vídeos dedicadas a defesa de Lula, é formada por sete profissionais, que inclui roteirista, produtor e câmara, e irá dedicar-se[…]